sábado, 25 de agosto de 2012

Projeto para Educação Infantil





A) PÚBLICO ALVO: Educação Infantil
SÉRIE: Mini-grupo Nº DE ALUNOS: 13
PERFIL DA CLASSE

Uma classe participativa, algumas crianças são bem ativas e desenvolvem as
atividades do cotidiano do CEI com autonomia.
A interação entre o grupo é ótima e algumas crianças são bastante estimuladas pelas
famílias na leitura e em atividades culturais.

B) TEMA (Descrição sucinta do assunto)
A importância do Brinquedo – Brincadeira é assunto sério
O brinquedo é rico em significado, brincar hoje é desenvolver habilidades que será
usadas no futuro.
O presente projeto tem a intenção de demonstrar que a brincadeira esta presente em
tempo integral na educação infantil, nas brincadeiras de roda, nos cantos, no parque
proporcionando assim uma troca de experiência muito rica tanto para o aluno como
para o professor que através da observação desenvolve maneiras de interferir
eficientemente.

C) PROBLEMA (É um questionamento sobre uma lacuna ou fato observado, pode ser
formulado por meio de uma pergunta.)
Escassez de Material Lúdico



D) OBJETIVOS (Ligado ao problema. Delimitam o tema)
Nosso principal objetivo hoje na educação infantil é construir uma pedagogia
participativa para que os alunos se tornem protagonistas do seu próprio aprendizado.
È essencial proporcionar um ambiente e materiais adequados de formar a incentivar
as interações.
Precisamos ensinar nossas crianças da importância de se reciclar o lixo, formando
seres humanos conscientes.
A maior dificuldade em algumas escolas é a falta de material lúdico, com um pouco
de criatividade e vontade podemos criar brinquedos com materiais recicláveis.









E) JUSTIFICATIVA (Mostra a relevância histórica e social da pesquisa, motivos e
importância para a ciência e o motivo do tema escolhido, utilizando-se de argumentos de
ordem teórica e prática.)
Conscientizar da importância da reciclagem q que com criatividade se pode criar
brinquedos com um custo muito baixo.
Criar iniciativa, esperando que os órgãos públicos resolvam nossos problemas
escolares, precisamos usar de nosso conhecimento didático para buscar meios de
envolver a comunidade, conscientizando nossos alunos de forma simples.
O professor precisa conhecer o projeto e regras da escola na qual pretende exercer sua
Profissão para que consiga dentro deste contexto se enquadrar e preparar boas aulas.
Ter em mente idéias como fazer, agir, para aprender através de projetos que defendam
O que meus alunos vão aprender com isso para usar na vida, a escola precisa parar de
oferecer só uma cultura superficial para que os alunos construam seus saberes
mostrando as culturas antigas aliadas as novas tecnologias que ainda é um bicho de
sete cabeças para muitos professores.







F) FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA (Teoria de base norteadora do trabalho)
Baseado nos textos lidos e nas idéias de Freinet concluímos a escola como veiculo
de transmissão do conhecimento, e a maneira na qual é passado este conhecimento e
de suma importância, acreditando na cooperação e na troca de experiência. 
Através de projetos para que as crianças sintam que fazem parte do processo de uma
sociedade melhor.
Deixar claro para as crianças o que estão fazendo e para que. O educador deve agir
como mediador do conhecimento, respeitar e orientar os seus alunos de maneira a
ensiná-los a pensar, a ser livres e criativos.
Aprendemos a fazer, fazendo, a ler lendo e a escrever escrevendo. Educar é construir
juntos uma pedagogia de cooperação, documentando sua evolução, levando a
comunicação como base, e a afetividade como elo de ligação.

G) CONTEÚDO (Deixa claro os itens que serão desenvolvidos e pesquisados)




H) PROCEDIMENTO METODOLÓGICO (Explica as etapas e o caminho e a ser seguido
para se chegar ao resultado.)






I) RECURSOS (Descrição dos materiais que serão utilizados para execução do projeto)





J) CRONOGRAMA (Especificação do período em que o trabalho será desenvolvido)
Atividade Fev. Mar. Abr. Mai. Jun.
Elaboração do projeto
Pesquisas
Atividade
Fev.
Mar.
Abr.
Mai.
Jun.
Elaboração do Projeto





Pesquisas












































K) AVALIAÇÃO
Cabe ao professor favorecer, fazer uma ponte, relacionar os conteúdos e materiais ao
cotidiano, com a realidade e com a historia de vida de cada criança, nesta relação
o aluno sente, vê, percebe, aprende, forma opinião sobre a escola, sobre o professor, 
sobre as atividades e brincadeiras e transforma-se em sujeitos transformadores da
realidade.
Conviver em contexto escolar não é tarefa fácil, aprender a viver em sociedade
respeitando os limites do outro e aprendendo em ambiente nem sempre adequado,
quando muitas vezes se tem problemas de estrutura familiar, o trabalho da escola
também influencia na vida domestica trazendo conhecimentos indissociáveis.
A função do professor é muito seria, são exemplos, formadores de opinião.
Culturalmente a educação em massa vem engatinhando, temos diversas dificuldades
como a bagagem que o aluno traz de casa, a política publica, a falta de recursos
investidos em educação, a falta de preparação dos professores e a desmotivação dos
alunos. Precisamos de projetos motivadores aprender a fazer, fazendo.

L) REFERÊNCIAS (Relação das obras consultadas)
Livro Pedagogia(s) da infância
Dialogando com o passado
Construindo o futuro editora Artmed

Nenhum comentário:

Postar um comentário